CBGM 2019

Sobre Salvador

Primeira grande metrópole portuguesa nas Américas, Salvador é uma cidade multicultural, folclórica, colorida, cheia de manifestações por todos os lados. Originária da mistura das raças e culturas dos portugueses, negros e índios - possui atualmente 2,7 milhões de habitantes, sendo a terceira mais populosa do Brasil. Dona de uma forte afrodescendência, espalhada pelos becos, ladeiras e ruas, o que é um de seus orgulhos.

Sua geografia generosa, de 707 quilômetros quadrados, quase debruçada sob o mar, permitiu o desenvolvimento de uma das cidades mais belas do mundo, separada entre Cidade Baixa e Alta, com praias paradisíacas. Às belezas naturais e os sítios históricos - que se desenvolveram ao longo dos seus 470 anos de fundação a ser completada no dia 29 de março - fazem do turismo a principal fonte de renda.

Os atabaques e agogôs dos terreiros de candomblés, os capoeiristas no Mercado Modelo, as baianas típicas no Centro Histórico, o sincretismo religioso - que mistura às reverências aos orixás a santos católicos - torna Salvador uma cidade ímpar. Digna de seu povo sorridente, receptivo, festeiro e alegre. Em cada rito, em cada movimento, transcende a magia do seu povo.

Encantadora e berço de poetas e artistas ilustres da cultura brasileira, dos versos de Castro Alves e Gregório de Mattos, tornou-se conhecida mundialmente, pela literatura, através das histórias do escritor Jorge Amado. Foi cantada nas mais ternas melodias dos compositores Dorival Caymmi e Vinícius de Morais.

Sua vocação para gestar artistas se provou contínua e efervescente ao longo dos séculos. A cada década, surgiram ícones da cultura nacional, a exemplo, de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Tom Zé, pertencentes ao movimento Tropicalista e do cineasta Glauber Rocha. Da criatividade de Dodô e Osmar, na década de 40 do século passado, surgiu o trio elétrico, palco móvel que arrasta multidões, fazendo do Carnaval de Salvador a maior festa de rua do mundo nos dias atuais.

Por toda a cidade, há uma interação harmoniosa entre o antigo e o moderno. As estruturas seculares e prédios contemporâneos dão o toque da multiplicidade do que significa Salvador. É o acarajé borbulhante no azeite, as cores, sorrisos, as baías que delineiam parte de sua geometria.

São mais de 300 igrejas - relíquias de fé e arte, que vão do estilo barroco ao neoclássico - 11 fortes, construídos para sua defesa, sítios históricos, adaptados ao concreto dos prédios residenciais, ao setor hoteleiro, as praças, parques e praias.

É Salvador da Bahia, a cidade do sol, encanto e magia. Assim é Salvador de todos os cidadãos.